Sexo entre mulheres é um dos maiores temas da pornografia mundial.

Entressonho - cena lésbica
Filme EntreSonho

Quase todos os filmes pornográficos têm cenas de sexo entre mulheres. O tema é tão comum e banalizado, que virou um clichê muito criticado por mulheres lésbicas e bissexuais. Como as unhas grandes, posições feitas para agradar os homens, poses para  ficar bem na câmera e gemidos artificiais atrapalham a identificação das mulheres com esse tipo de conteúdo.


As cinco melhores cenas de sexo entre mulheres da xplastic escolhidas por outras mulheres


O sexo entre mulheres e a pornografia

A pornografia enquanto audiovisual e no formato que conhecemos, surgiu no século XIX. Antes disso, a nudez e as histórias eróticas ficavam reservadas à literatura e às artes plásticas, que representavam mulheres nuas, jogos sexuais da corte, relações incestuosas, pecados de padres e freiras, além de outros temas. 

Como toda produção cultural, a pornografia também reflete questões sociais de sua época. O machismo estrutural, portanto, está presente no cerne das cenas pornôs que visam principalmente a excitação e o prazer masculino. Conteúdos feitos por homens para homens. Desta forma, o sexo entre mulheres na pornografia é retratado para satisfazer fetiches masculinos, como o clássico mènage com duas mulheres. 

Diante desta concepção de produção audiovisual, surgem os problemas e “erros” bárbaros na representação do sexo entre mulheres na pornografia. Claramente, nos filmes pornô mais tradicionais, as mulheres em cena não são lésbicas, sendo esse o primeiro ponto de incômodo para a maior parte das mulheres que consomem esse tipo de conteúdo.

Entressonho - cena lésbica
Filme EntreSonho

Críticas e as mulheres no pornô

Além disso, as cenas exageradas, excesso de maquiagem, uso de saltos altos e unhas enormes são os principais pontos criticados pelas mulheres lésbicas. Esses fatores afastam da realidade as cenas e o sexo lésbico que de fato acontece. Todos esses itens não estão presentes em uma transa casual lésbica, assim pode-se perceber que são usados mais uma vez para atrair homens. 

O grande problema destas representações é que exclui o consumo de mulheres lésbicas e bissexuais desse tipo de conteúdo, porque não geram qualquer tipo de identificação. Pelo contrário, geram afastamento desse grupo da pornografia. 

Por isso é tão importante que existam plataformas preocupadas em criar conteúdos cada vez mais diversos. A partir do final da década de 70, mulheres como Candida Royalle tomaram a frente das produções pornográficas e passaram a criar filmes com a visão feminina do sexo. 

Hoje, o pornô feito para mulheres é uma vertente crescente dentro da pornografia, visto que o consumo de pornô entre as mulheres tem aumentado cada vez mais.

Quem procura por sexo entre mulheres?

Mas, o que as mulheres mais consomem na pornografia?

De acordo com o site PornHub Insights, houve uma aumento do tráfego no site, sendo 24% dos acessos de mulheres. De acordo com as pesquisas, “lésbicas” em inglês é a categoria mais procurada pelas mulheres consumidoras de pornografia. Elas têm 151% a mais de chance de pesquisar pelo termo do que os homens. 

O sexo entre mulheres ao redor do mundo

E a preferência pela categoria “lésbicas” se reflete nas Américas e também é muito popular na Europa e na Austrália. Seguindo nas vertentes da categoria, as mulheres de diferentes partes do mundo consomem principalmente conteúdos como hentai, ebony, Anal, Indiana, Japonesa, Madura e MILF.

Categorias mais vistas por mulheres no Pornhub
Categorias mais vistas por mulheres no mundo – PornHub Insights

América

No caso do Brasil, as maiores buscas então entre “Brazillian”, brasileiras em tradução para o português, com 862% de buscas; transexuais com 71% e cosplay com 58%. 

Surge uma surpresa ao analisarmos o Canadá. A mulheres da província de Colúmbia Britânica consomem pornografia da categoria “japonês” mais do que qualquer outra província. No caso de Alberta, elas gostam de “hentai”. 

Nos Estados Unidos, o país com a maior indústria pornográfica do mundo, a categoria lésbicas também é a mais apreciada entre as mulheres. Nos estados do sul, elas preferem as cenas de ebony (com pessoas negras). Já no centro-oeste, oeste e nordeste, as mulheres gostam mais de assistir vídeos de mènage.

Categorias mais vistas por mulheres no Pornhub nos EUA
Categorias mais vistas por mulheres nos EUA – PornHub Insights

Europa

Com os olhares para a Europa, em uma pesquisa de 2016, pode-se perceber que as maiores buscas de mulheres também são pelo termo lésbicas. Em segundo lugar está o sexo anal, seguido de “arab”. Em locais como Alemanha e Turquia, a preferência é por “adolescentes”. As mulheres da Rússia e da Ucrânia gostam de “anal”. Enquanto que na Sérvia e na Macedônia elas buscam por “maduras”, categoria de pornografia com mulheres mais velhas. 

Categorias mais vistas por mulheres na Europa - sexo entre mulheres
Categorias mais vistas por mulheres na Europa – PornHub Insights

Reino Unido

De acordo com o PornHub, o Reino Unido é o segundo da lista em tráfego no site. Observando as diferenças entre os países, pode-se inferir que as irlandesas do norte gostam da categoria “MILF” mais do que os outros países. A escocesas preferem a pornografia suave da categoria “feminino”, enquanto a Inglaterra consome o “Ebony” e País de Gales tem maioria de procura por “adolescentes”. 

Categorias mais vistas por mulheres no Reino Unido - Sexo entre mulheres
Categorias mais vistas por mulheres no Reino Unido – PornHub Insights

Ásia

No caso do continente asiático, a categoria lésbicas segue no topo da lista de preferência entre as mulheres, seguida por “anal” e “arab”, de acordo com a tendência do continente Europeu. No leste asiático, “hentai” é o termo mais popular entre as mulheres ao lado de “adolescentes” com maioria de buscas no sudeste da Ásia. 

Categorias mais vistas por mulheres na Ásia - PornHub Insights
Categorias mais vistas por mulheres na Ásia – PornHub Insights

A busca pelo sexo entre mulheres na comparação entre homens e mulheres

Se forem analisados os interesses de acordo com a idade no censo de 2019, os resultados mostram que as mulheres de 18 a 24 anos, a categoria mais popular é o hentai, com cerca de 81% das buscas. Em contrapartida, entre as mulheres de mais de 65 anos, 143% procura por vídeos de masturbação.

Os termos mais procurados

Dentre os termos mais pesquisados na categoria lésbicas, estão “tesoura lésbica”, “lésbica seduz garota heterossexual”, “cinta lésbica” e “esguicho lésbico”, que é a ejaculação feminina, também chamado de squirt. 

Gráfico sobre as mais populares pesquisas na categoria lésbicas.
Pesquisas populares na categoria lésbicas – PornHub Insights

Na comparação entre o consumo de mulheres e homens, a categoria lésbicas também é a mais pesquisa por eles. Mas, na análise de buscas relativas, há diferenças substanciais. As mulheres têm 906% mais chances de pesquisarem por “lésbicas ebony comendo buceta”, 695% mais chances de procurar “tesouras lésbicas” e “cinta lésbica” é 272% mais popular. 

Sexo entre mulheres em diferentes gerações

As buscas por lésbicas é mais comum entre as mulheres jovens e diminuem consideravelmente com o aumento da idade. Comparando-se com os homens em uma mesma faixa etária, o interesse por pornografia lésbica entre as mulheres de 25 a 34 anos é 271% maior. Para as mulheres maduras, com mais de 65 anos, esse interesse se reduz para 11% na comparação com homens.  

Pesquisas sobre lésbicas por mulheres - PornHub Insights
Pesquisas sobre lésbicas por mulheres – PornHub Insights

Tempo no site

O PornHub analisou também por quanto tempo as mulheres permanecem no site. Em média, o tempo gasto consumindo os conteúdos foi de 10 minutos e 33 segundos. O Brasil fica abaixo do tempo médio da contagem mundial, sendo que as mulheres navegam pelo site por 8 minutos e 33 segundos. O primeiro do ranking é as Filipinas, em um tempo de 14 minutos e 20 segundos. 

Quanto tempo as mulheres gastam por visita ao PornHub ao redor do mundo

O sucesso das cenas lésbicas na pornografia

Já sabemos que o sexo entre mulheres é a categoria mais popular na pornografia. Mas foi em 2009 que houve um boom nas buscas por esse tipo de vídeo. Após esse período, houve uma queda, mas as pesquisas se mantiveram constantes até 2019. Essa análise leva em conta o volume de procura do termo a partir de 2004 no Brasil. 

Buscas por "sexo entre mulheres" na última década - Google trends
Google Trends – acesso em 04/12 às 15:00

Se observarmos o interesse por sexo lésbico entre as regiões brasileiras, as regiões norte e nordeste são as primeiras da lista, sendo o estado do Pará o maior consumidor de sexo entre mulheres, seguido por Pernambuco e Maranhão. 

Buscas por sexo entre mulheres na última década no Brasil - Lista por estados

Dados do Google Trends – acesso em 04/12 às 15:00

Diante das consultas relacionadas, que seriam as pesquisas que usam outros termos para buscar por sexo lésbico, os principais termos que tiveram aumento repentino são: “mulheres com mulheres”, “videos sexo entre mulheres”, “sexo videos”, “videos de sexo entre mulheres” e “videos de sexo”.  

Levando em conta o contexto mundial, as buscas são semelhantes com as pesquisas brasileiras. Sendo assim, o pico de pesquisa por sexo entre mulheres no ano de 2009 foi uma tendência mundial.


Dados do Google Trends – acesso em 04/12 às 17:00

Na análise por região, detalhando os países que mais consomem sexo entre mulheres no pornô, o primeiro da lista é Moçambique, seguido pelo Brasil e, mais distante, na terceira posição, está Portugal. 


Dados do Google Trends – acesso em 04/12 às 17:00

Por que o sexo entre mulheres é tão popular?

Como dito anteriormente neste artigo, a pornografia durante um longo período foi predominantemente feita sob uma visão masculina, por conta da produção que tinha como liderança homens que faziam filmes para outros homens. Hoje, eles ainda são maioria atrás das câmeras, mas as mulheres conquistam cada vez mais espaço no ramo. 

Mila Spook e Ágatha - amigo do meu pai

A grande maioria de filmes pornográficos traz em cena o sexo entre mulheres. E isso não é à toa. Há uma fantasia muito difundida entre os homens que é fazer sexo com duas ou mais mulheres ao mesmo tempo. Por serem maioria no consumo de pornografia, a produção dos conteúdos visam representar esses desejos masculinos. São estratégias para atrair cada vez mais consumidores. 

Fala de pesquisador

Mas, ainda sim, fica a dúvida, por que os homens gostam tanto de pornografia lésbica? De acordo com o pesquisador Ogi Ogas, não se deve argumentar que os homens sejam idiotas por se sentirem atraídos por mulheres que nunca se interessariam por eles. As fantasias sexuais não obedecem as regras de pertencimento, senso comum e nem às leis da física. Portanto, segundo ele, esses desejos criam suas próprias regras. 

Ogas ainda defende que essa atração masculina pelo sexo entre mulheres na pornografia se reflete por conta da duplicação do que esses homens consideram estimulante. É o que ele chama de ilusão erótica. 

Entre Amigas - Bombom e Dread Hot

Dentre as mulheres, o fator fantasia também tem grande peso. Mesmo dentre as heterossexuais, a busca por sexo entre mulheres é maioria. Isso pode ser interpretado de algumas formas. 

Primeiro que essa preferência pelo sexo lésbico na pornografia pode ser uma resposta ao tipo de conteúdo machista que é produzido na pornografia tradicional. Muitas cenas de sexo hétero dão ênfase no prazer masculino, objetificando a mulher e não retratando o prazer feminino. Isso afasta as mulheres deste tipo de conteúdo que pode ser considerado agressivo e pouco excitante para elas. 

Outra interpretação possível, que não exclui a primeira, é que o ambiente da pornografia abre espaço para a experimentação de coisas novas que não necessariamente as pessoas fariam na vida real. É um contato com outras formas de prazer ou até mesmo para matar a curiosidade.  

Ameaça ao homem hétero?

Agatha e Mila Spook - Amigo do meu pai

Vou levantar aqui outra questão. Geralmente, os homens não enxergam que o relacionamento entre mulheres seja uma ameaça para eles. Posso me explicar! Em algumas relações heterossexuais, os homens não veem problemas de a mulher se relacionar com outras mulheres. Mas, se for com outros homens a situação é completamente diferente.

A relação entre mulheres não é considerada uma relação? Ou o fato de duas mulheres estarem juntas é considerado apenas uma “brincadeira” entre amigas? Essas visões são reflexo dessa concepção heteronormativa dos relacionamentos, sendo a homossexualidade feminina apenas uma diversão. 

Vale ressaltar que há também uma negação dos bissexuais por conta destas questões. A falta de representatividade de mulheres bissexuais também é um problema em se tratando da identificação. Os homens geralmente não se dão conta que as mulheres bissexuais realmente gostam de outras mulheres. E, por vezes, veem esses relacionamentos como a realização de um fetiche próprio.

Novos caminhos para o sexo entre mulheres na pornografia

A representação do sexo e da putaria com maior diversidade de corpos, sexualidades e novas possibilidades de histórias faz parte do caminho traçado pela pornografia alternativa. Mais do que bater uma punheta ou uma siririca, é poder ir além no mundo da perversão.

Amarradas e dominadas
Filme Amarradas e dominadas

Produtoras como a Ferver, a Xplastic e a Erika Lust trazem essas perspectivas com representatividade dentro e fora de cena. Assim, a visão feminina do sexo na pornografia tem modificado completamente a concepção estética e de conteúdo dos filmes produzidos.

Portanto, o sexo entre mulheres em filmes de altporn provavelmente vai ser mostrado com maior veracidade. Sem aqueles clichês comentados anteriormente que broxam qualquer lésbica e bissexual por aí. 

Mas, não são só mulheres lésbicas que consomem sexo entre mulheres. Bissexuais e trans lésbicas também. Está aí a importância de criar um conteúdo que tenha em cena essas pessoas. Afinal, a representatividade é o fator que faz com que as pessoas se identifiquem e se enxerguem naquela situação. 

Além disso, abre a possibilidade de outras pessoas que consomem pornografia verem outras formas de se relacionar. E talvez, quem sabe, até descobrir mais a fundo sua própria sexualidade. 

E o mundo da sexualidade não tem limites. Homens gays podem gostar de pornografia hétero, mulheres héteros podem gostar de pornografia gay. Assim, o gênero, seja qual for, não limita as nossas fantasias.

PS da Margot

Se você consome sexo entre mulheres, comenta aqui embaixo o que você achou do artigo. Sinta-se à vontade para completar este texto que não é mais meu e passou a ser nosso! 

Sobre o Autor

Uma mulher em construção e com a cabeça em algum lugar do universo.

Visualizar Artigos